Histórico

 

Origem do Aikido

AIKI NO JUTSU

Os fatos históricos relacionados ao assunto AIKIDO originam-se por volta do ano 1.000 d.C., período do imperador Seiwa, época de famílias e personalidades famosas, tais como a de Minamoto, príncipe Sadosume, entre outros. Um dos descendentes, Minamoto Yoshiie chegou a um posto que atualmente se compararia ao de Primeiro Ministro, seu irmão Shinran Saburo Yoshimitsu, um samurai de destaque, desenvolveu uma arte marcial diferente de todas as praticadas até então, que denominou AIKI NO JUTSU. Era hábito da época evitar que essas artes fossem ensinadas a todos, restringindo o conhecimento a alguns poucos escolhidos. Até mesmo dentro da própria família, apenas alguns tinham tal oportunidade.

Shinran Saburo Yoshimitsu passou os segredos dessa arte para seu segundo filho e este se mudou para a região do Japão hoje conhecida como Yamanaki-ken, cidade de Kofu, passando a usar o nome de Takeda Yoshikio, tornando-se Daimyo desta região. Passou chmar de TAKEDARYU AIKI NO JUTSU aquela arte marcial, tornado-se seu Kaisso(Fundador). Por volta do ano de 1570, já no 25º Dai(Sucessor), na pessoa de Takeda Nobutora, pai do famoso Takeda Shinguen com quem não se dava muito bem, só ensinou os segredos dessa arte ao filho caçula, Takeda Nobutomo, e ao seu principal aluno, Takeda Kunitsugu.

Takeda Shinguen tornou-se mestre da arte da guerra, atividade que foi a razão da sua vida. Por sua vez, encontrou um adversário à sua altura, contra quem lutou durante sete anos, Uessugui Kenshin. A região dominada por Takeda Shinguen não tinha acesso ao mar; sendo o sal um produto vital, os Daimyos seus inimigos impediram que o sal chegasse à sua região. Seu arquiinimigo, Uessugui Kenshin, apesar de estar em guerra contra ele, continuou a vender-lhe o sal, pois entendia que o povo não deveria pagar pela guerra de seus senhores. Após a morte de Takeda Shinguen o domínio passou para as mãos de Oda Nobunaga, perdendo a família Takeda todo o seu poder e propriedades.

Devido às perseguições, normais nestas situações, Takeda Nobutomo (26º Daí) e seu filho Takeda Katitio (27º Daí) retiraram-se para a região de Kyushu. Unindo-se ao Daimyo Kuroda, prosseguiram ensinando esta arte que atualmente encontra-se no 43º Daí, na pessoa do mestre Oba Kazuo.

DAITORYU JIUJUTSU


À época da dominação da região pertencente à família Takeda por Oda Nobunaga, o principal aluno de Takeda Nobutora, Takeda Kunitsugu, refugiou-se na região de Aizu, Fukushima Ken, juntando-se ao Daimyo Roshina, onde passou a ensinar o TAKEDARYU AIKI NO JUTSU. Nessa localidade adotou o nome de Daito Fussa No Suke e denominou aquela arte marcial de DAITORYU JIUJUTSU, tornando-se seu Kaisso. Esta denominação permanece até os dias de hoje.

É interessante notar que tanto o TAKEDARYU AIKI NO JUTSU como o DAITORYU JIUJUTSU são no fundo as mesmas artes, pois as origens são exatamente as mesmas. Outro ponto a se notar é que mudanças de nomes de pessoas ou da arte marcial eram normais nos momentos de perigo, tendo em vista a sua sobrevivência.

AIKIDO


Em 1883, nasceu em Tanabe, Japão, o Fundador do AIKIDO, Morihei Ueshiba, cuja excepcional aptidão e paixão pelas artes marciais levou-o a praticar e tornar-se mestre em várias delas: YAGYURYU JIUJUTSU, SHINKAGUERYU KENJUTSU, DAITORYU AIKIBUJUTSU, entre outras. Além disso, dedicou-se aos estudos de uma religião original e tradicional do Japão.

Consagrado como “Homem Invencível” dedicou-se a aprofundar sua espiritualidade, atingindo o Satori (Iluminação). A partir da visão de que a origem do Budo (Caminho do Guerreiro) é a manutenção do espírito de amor universal, compreendeu que as artes marciais não deveriam ser um instrumento para conduzir o mundo à destruição pelas armas, mas sim um caminho para realizar o pleno potencial divino contido no homem. Esta notável visão foi o início do AIKIDO.

Tecnicamente assemelha-se a diversos estilos de JIUJUTSU, de bastão (JOJUTSU) e de espada (KENJUTSU). Mesmo o princípio de não se chocar com a energia dos oponentes e nem se deixar envolver por seus movimentos, envolvendo-os no fluxo de sua energia, já eram conhecidos e praticados pelas diversas artes marciais existentes.

O que existe de tão excepcional no AIKIDO?

É o sentido “Aiki”, em que as técnicas são executadas e treinadas concentrando-se na idéia de captação da energia universal pela autopurificação e na não destruição do adversário. Em todo treinamento de AIKIDO os praticantes são incentivados à autoconsciência, a colocarem-se em harmonia com o parceiro, com a natureza e com a vontade de Deus.

Inicialmente, o AIKIDO era ensinado somente a pessoas de alto nível moral e intelectual, a quem era imposta a condição de já serem praticantes em nível de 5º Dan (grau de faixa preta) de alguma outra arte marcial, vindo a ser divulgado em outros países somente após a Segunda Guerra Mundial.

"O coração do AIKIDO é: Verdadeira vitória é vitória sobre si, dia de instantânea vitória! "Verdadeira vitória" significa infinita coragem; "Vitória sobre si" simboliza incansáveis esforços; e "Dia de instantânea vitória" representa o glorioso momento do triunfo no aqui e no agora. AIKIDO é livre de formas rígidas, responde a qualquer contingência, deste modo assegura-nos a verdadeira vitória; ele é invencível pois não luta com ninguém. Realize: Verdadeira vitória é vitória sobre si, dia de instantânea vitória, e você estará hábil a integrar os fatores interno e externo da prática, limpe seu caminho de obstáculos e purifique seus sentidos."

Morihei Ueshiba